A CONSTRUÇÃO DAS IDENTIDADES LGBT + COMO DESVIANTES: UMA ANÁLISE DA (RE)PATOLOGIZAÇÃO DA HOMOSSEXUALIDADE NO BRASIL

Jeferson Neri da Silva, Valderí de Castro Alcântara, Alyce Cardoso Campos, Ananda Silveira Bacelar, Frederico Humberto de Oliveira

Resumo


Objetivou-se neste artigo compreender, a partir da sociologia do desvio, os processos de (re)patologização das homossexualidades no Brasil, presentes no evento “cura gay”. Os dados para a elaboração do estudo foram coletados por meio de pesquisa bibliográfica e de materiais publicados em meios digitais. Discute-se a construção do conceito de desvio, a luz do marco teórico de Howard Becker, buscando identificar como tal aparato conceitual pode explicar a homossexualidade como uma categoria desviante. Adiante, reflete-se sobre a distinção entre os conceitos de sexo e sexualidade, de modo a compreender suas expressões históricas na construção das identidades sexuais e nos discursos médicos e sociais de patologização das homossexualidades. Dentro dessa visão, aborda-se como foram construídas as teorias patológicas a respeito das identidades LGBT+, e como essa realidade perpassa a história e vivência brasileira de lutas dos movimentos LGBT+. Nessa perspectiva, aponta-se como foram as reações ao discurso da (re)patologização no Brasil, evidenciando o evento conhecido popularmente como “cura gay”. Por fim, mostra-se como todas essas conjunturas contribuíram para um olhar marginal das identidades LGBT+, com a reafirmação de preconceitos a respeito delas. Defende-se que a ideia de “cura gay” é um híbrido de discursos religiosos, morais, sociais, culturais, políticos, armados contra as identidades LGBT+; não obstante desencadearem reativamente processos de resistências e fortalecimento dos indivíduos e dos movimentos LGBT+. O rótulo de desviantes imputado aos homossexuais engendra a reação desses em não aceitarem tal pecha, organizando-se em grupos sociais que demarcam e constroem a constante crítica aos rótulos impostos.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


 

ISSN: 1679-9844 
  

 This work is licensed under a Creative Commons License Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.